7 Técnicas e dicas para ganhar a confiança dos utilizadores

7 Técnicas e dicas para ganhar a confiança dos utilizadores

Lojas Online

Estabelecer a confiança num contexto online é crítico e difícil. Comprar e encomendar através de um website é uma experiência muito diferente de uma experiência física. Consequentemente cabe ao utilizador ganhar rapidamente a confiança e conter qualquer ceticismo numa compra ou interação online. 

A pensar nisso, neste artigo seguem 7 técnicas para ganhar a confiança dos utilizadores, bem como dos motores de busca, maximizando em simultâneo, as taxas de conversão. Um artigo ideal para quem procura melhorar o seu negócio ou marca. 

Porque é que a confiança online é importante? 

Antes de analisarmos mais de perto os passos individuais que podem trazer mais confiança e credibilidade a qualquer negócio, uma pequena reflexão de como dar o primeiro passo para mudar. 

O conceito mais comum aqui é simples: as pessoas fazem negócios com aqueles que gostam, conhecem e confiam. As marcas são um medidor popular da confiança: se um consumidor acredita que uma marca específica produz produtos ou serviços de qualidade, qualquer coisa com o seu selo de aprovação é suscetível de passar o teste básico de confiança. 

Com o tempo, este tipo de interações vai crescendo e vão-se tornando provas de que o negócio ou marca são credíveis e respeitáveis. 

Por exemplo, desde janeiro de 2021, foram feitas cerca de 13 mil queixas online. Ou pelo serviço, ou pelo processo, os portugueses andaram em cima das marcas. O que prova que, existe uma necessidade de mudar o paradigma. Logo, a confiança online é extremamente importante. 

Feita esta pequena achega, vejamos então as técnicas mais importantes para ganhar mais confiança num negócio online. 

Técnicas e dicas para credibilizar o seu negócio 

1.     Web Design Profissional 
Se o design do site parecer feio e pouco profissional, é provável que perca uma grande percentagem de utilizadores e experimente uma elevada taxa de rejeição. Mas se o site parecer profissional, com gráficos de alta definição e navegação de fácil utilização, os visitantes ficarão para explorar o site mais a fundo. 

Por outras palavras, é crucial reservar tempo para criar um design atrativo e esteticamente agradável. 

2.     Elementos de Humanização da Marca 
Quando os potenciais clientes tiverem um certo nível de interesse nos produtos ou serviços, muitos quererão saber mais sobre o negócio e a cultura da marca. Essencialmente, eles querem saber com quem fazem potencialmente negócios. Uma das formas mais eficazes de responder a esta pergunta é a criar uma página convidativa "Sobre nós". 

As boas páginas "Sobre Nós" incluem uma breve história do negócio, que tipos de produtos ou serviços oferece, e qual é a sua filosofia. 

Recuperando a reflexão introdutória, as pessoas fazem negócios com aqueles de quem gostam, conhecem e confiam. É muito mais fácil gostar, conhecer, e confiar numa pessoa por detrás da marca, do que numa marca em si. Sempre que possível, permitir que os potenciais clientes vejam as pessoas que dão poder à marca. 

3.     Dicas e Tutoriais 
Disponibilizar uma página com dicas e tutoriais sobre a temática que o site trata, é outra forma de aumentar rapidamente a credibilidade da marca. 

Nesse sentido, em áreas onde existem transações este ponto é fundamental. Por exemplo, o setor dos casinos online. 

Cada vez mais são as marcas que explicam as regras e estratégias das diferentes modalidades de casino. Uma forma de incentivar à educação do utilizador, para desmistificar questões que possam ficar em dúvida. Por exemplo, sabia que o blackjack online é uma modalidade com 3 variantes disponíveis? Ou a roleta pode ter 36 ou 37 buracos? E que as slots online permitem diferentes tipos de jogadas? 

Desta forma, salvaguardam os seus interesses e mostram aos utilizadores razões adicionais para acreditar que a marca é legítima e respeitável. Isto porque discriminam todos os passos necessários para o utilizador começar a jogar. 

4.     Informação de contacto 
Devido aos inúmeros casos de empresas que não respondem ou não dão qualquer tipo de feedback aos clientes, é preciso provar que se gere um negócio legítimo. Isto pode ser feito facilmente, incluindo uma página de "Contacto" com um número de telefone, e-mail e endereços de correio, e outras informações. Contudo, informações fidedignas. 

5.     Política de Privacidade 
Numa época onde o roubo de identidade e a fuga de informação sensível tornaram-se demasiado comuns, é inteligente provar que os dados privados dos clientes permanecerão seguros quando eles fizerem transações. 

Isto pode ser feito a criar uma política de privacidade e inserindo-a ao lado da página Sobre Nós e Contacto, por baixo do cabeçalho do site ou na barra lateral. As políticas de privacidade fornecem uma breve declaração dizendo não haver partilha de qualquer informação privada como nome do cliente, morada, registos financeiros, informações de crédito, etc. 

6.     Checkout seguro 
Quando um cliente está pronto a fazer uma compra, há um detalhe final que pode influenciar a sua decisão de a levar por diante: a perceção da segurança da transação. 

É extremamente importante assegurar que o fornecedor de pagamentos de terceiros que escolher é fiável e se mantém atualizado sobre a mais recente tecnologia de segurança, aliás isso é também um dos pontos mais importantes da temática da segurança online

PayPal e Stripe são marcas reconhecidas, com as quais a maioria dos clientes se sentirá confortável. 

7.     Testemunhos 
Por vezes, tudo o que um cliente potencial precisa para superar as preocupações de confiança é um pouco de tranquilidade dos clientes anteriores. Os testemunhos de clientes satisfeitos podem contribuir muito para eliminar qualquer ceticismo de última hora. Para funcionar, será necessário adquirir três ou mais testemunhos de clientes reais. Incluir uma fotografia de cada pessoa, com alguma informação de fundo, como o seu nome e localização, para ajudar a aumentar a credibilidade. 

Com efeito, construir confiança com potenciais clientes é um passo importante a dar por cada comerciante online. Mesmo que ainda não tenha uma marca que se mantenha por si só, a utilização de sinais simples pode ajudar a provar aos potenciais clientes e clientes atuais que o negócio é de confiança e legítimo. 

 

 

Mais Lojas Online